Publicado 02 de Outubro de 2018 - 15h41

Por Milene

Maria Teresa Costa

Da Agência Anhanguera

[email protected]

Os 2,25 milhões de eleitores das 20 cidades da Região Metropolitana de Campinas (RMC) vão às urnas, neste domingo, para escolher os representantes na Assembleia Legislativa, Câmara Federal, governo do Estado, Senado e Presidência dos próximos quatro anos. Em relação a 2014, o crescimento do eleitorado regional é de 6,1%. Os eleitores da RMC votarão em 713 locais e em 6.370 seções – 36,3% dos locais e 25,8% das seções são em Campinas.

Ao todo, são 14 opções de candidatos para presidente, 13 para governador, 20 para senador, 1.686 para deputado federal e 2.174 para estadual. Desse total, 131 candidatos a federal e estadual têm domicílio eleitoral na RMC. O eleitor irá escolher um candidato a presidente, um a governador, dois ao Senado, um para deputado federal e um estadual.

Além dos eleitores locais, a região deve receber também 1.795 eleitores de outros municípios que se cadastram para voto em trânsito em Campinas, Americana, Hortolândia, Indaiatuba, Santa Bárbara d´Oeste e Sumaré. Nessa eleição, o voto em trânsito é possível em cidades com população superior a 100 mil habitantes – na eleição de 2014, a modalidade estava disponível apenas nas capitais ou cidades com mais de 200 mil habitantes.

Poderá votar em trânsito quem requereu a habilitação em um cartório eleitoral ou posto de atendimento eleitoral do país, até 23 de agosto, com indicação do local em que pretende votar. O eleitor que se encontrar fora da unidade da Federação do seu domicílio eleitoral poderá votar apenas para presidente da República. Já o eleitor dentro da unidade da Federação de seu domicílio eleitoral poderá votar para presidente, governador, senador, deputado federal, deputado estadual e deputado distrital.

Campinas tem o maior colégio eleitoral, com 849.127 eleitores (crescimento de 5,1% em quatro anos), seguido de Sumaré, com 186.768, de Americana, com 175.226, Indaiatuba com 161.607 e Hortolândia com 149.024. Os dois menores colégios eleitorais na região estão em Morungaba, com 10.163 eleitores, e Holambra, com 10.553.

A maioria do eleitorado na região é formado por mulheres. Elas são 1.179.439, ou 52,7% do total. Nas 20 cidades, 65,1% dos aptos a votar têm entre 16 e 49 anos.

Campinas vai contar com 9.672 mesários no primeiro turno das eleições. Nas 20 cidades da RMC serão 25,4 mil convocados e voluntários que se encarregarão de recebe os eleitores, coletar as assinaturas ou as impressões digitais e constatar quais eleitores faltaram, podendo atuar ainda na logística da votação. O serviço prestado pelo mesário não gera remuneração, mas dá direito a auxílio-alimentação e a dois dias de folga, no serviço público ou privado, para cada dia de convocação. Também é considerado critério de desempate em concursos públicos, desde que previsto em edital.

Retranca

A eleição começa domingo às 8h e termina às 17h. Nesse período o eleitor tem uma série de regras a cumprir. Veja o que pode e o que não pode no dia da eleição:

- O eleitor não pode levar para a urna celular, máquina fotográfica, filmadora ou equipamento de radiocomunicação. Caso o mesário verifique que o eleitor desobedeceu à regra, anotará em ata e o fato será reportado ao juiz eleitoral para encaminhamento ao Ministério Público Eleitoral (MPE). Caso o órgão entre com uma representação na Justiça Eleitoral, o eleitor poderá enfrentar um processo judicial.

- Quem se utilizar o celular para se valer do e-Título, versão digital do documento, não poderá entrar na cabine com o celular. Nessa hipótese, terá que deixar o aparelho sob os cuidados da mesa receptora de votos.

- É permitido usar camiseta bandanas, bonés, broches, bandeiras ou adesivo do candidato, desde que se manifeste de forma individual e silenciosa.

-No dia da votação, o eleitor pode colar adesivo do candidato ou do partido no seu carro ou outro objeto que seja sua propriedade.

- Boca de urna está proibida e por isso o eleitor não pode tentar influenciar outras pessoas a votar em um candidato.

- Não é permitido distribuir santinhos e panfletos no dia da eleição. Quem descumprir a regra pode ser punido com prisão de 6 meses até um ano e pagamento de multa que pode chegar a R$ 15.961,50.

- Até o término das eleições são proibidas as aglomerações de pessoas com roupas padronizadas, com bandeiras, broches e adesivos que caracterizam algum tipo de manifestação coletiva em apoio a candidato ou partido político.

- Servidores da Justiça Eleitoral, mesários e fiscais de partidos não podem usar roupas ou objetos com propaganda de partido político.

- É proibido uso de alto-falantes, a promoção de comícios e carreatas. Publicação de novos conteúdos ou impulsionamento de propagandas digitais na internet também estão vedados. A desobediência é crime.

ELEMENTO

Eleição na RMC

Cidade Locais de Votação Seções Eleitores

Americana 58 492 175.226

Artur Nogueira 9 91 34.865

Campinas 259 2.418 849.127

Cosmópolis 14 129 45.892

Engenheiro Coelho 4 42 14.177

Holambra 3 28 10.553

Hortolândia 43 406 149.024

Indaiatuba 53 457 161.607

Itatiba 30 217 79.783

Jaguariúna 12 116 39.517

Monte Mor 21 137 41.406

Morungaba 5 29 10.163

Nova Odessa 14 127 45.570

Paulínia 23 202 73.171

Pedreira 12 100 34.369

Santa Bárbara DOeste 40 383 140.097

Santo Antônio De Posse 5 48 16.745

Sumaré 55 529 186.768

Valinhos 32 252 89.688

Vinhedo 21 167 58.263

Total 713 6.370 2.256.011

Escrito por:

Milene