Publicado 04 de Outubro de 2018 - 5h30

Rodrigo Binotto Nini, fundador do Mubac, é administrador de empresas de formação. Ele conta que largou a pós-graduação para trabalhar em um sítio de produção de alimentos orgânicos. Virou curador de uma galeria de artes em Alto Paraíso de Goiás. Por aqui, onde mora a família, ele andou fazendo ocupações artísticas, com o dinheiro do bolso. Se juntou a uma turma de idealistas. Como os artistas plásticos Beatriz Dias e Pedro Bienroth (o Druis); os educadores Paloma Cassari e Diego Garcia; a designer de acessibilidade Kosuke Takahashi, os promotores de eventos Rafael Garcia Vaz de Lima e Rafael Pagliarini. Pelo bem do planeta, diz o diretor, o projeto vale a pena. (RV/AAN)