Publicado 05 de Outubro de 2018 - 6h30

Por AFP

O grupo anglo-holandês Unilever anunciou nesta sexta-feira que desistiu do projeto de deslocar a sede social de Londres para Roterdã, na Holanda, pressionado por seus acionistas."O Conselho de Administração da Unilever decidiu retirar a proposta de simplificar a estrutura jurídica com duas sedes", explica o grupo em um comunicado.A multinacional tem há quase uma década presença jurídica na Grã-Bretanha e na Holanda.Em março, a empresa apresentou um projeto para reagrupar sua sede em apenas uma entidade jurídica em Roterdã, onde planejava pagar os impostos, o que deveria valorizar a empresa para os acionistas.A Unilever afirmou que a mudança não provocaria consequências em termos de empregos e planejava seguir com as cotações nas Bolsas de Londres, Amsterdã e Nova York.O grupo não fez referência ao Brexit, previsto para março de 2019, para justificar sua decisão, mas na época o anúncio teve um grande simbolismo.O governo britânico faz o possível para defender o país na área econômica, enquanto muitos analistas temem turbulências pela falta de acordo de saída da União Europeia.A mudança de opinião da Unilever foi motivada sobretudo pelo fato de que vários acionistas de peso planejavam votar contra o projeto na próxima assembleia geral. Eles temiam o impacto financeiro de uma possível saída do título da empresa do índice FTSE-100 da Bolsa de Londres."Reconhecemos que a proposta não obteve apoio suficiente de um grupo importante de acionistas e consideramos que é apropriado retirá-la", destaca a Unilever em um comunicado.jbo/pau/smt/pa/es/fpUNILEVER PLC

Escrito por:

AFP