Publicado 05 de Outubro de 2018 - 6h20

Por AFP

o ginecologista congolês Denis Mukwege e a ex-escrava sexual yazidi Nadia Murad são os vencedores do Prêmio Nobel da Paz de 2018 por seus "esforços para acabar com o uso da violência sexual como arma de guerra".Médico e vítima, respectivamente, Denis Mukwege e Nadia Murad encarnam uma causa planetária que supera o âmbito dos conflitos, como evidencia o movimento #MeToo, iniciado há exatamente um ano por revelações da imprensa sobre casos de abuso sexual.phy/gab/ra/es/fp

Escrito por:

AFP