Publicado 04 de Outubro de 2018 - 16h50

Por AFP

A Juventus rompeu o silêncio sobre o suposto estupro de Cristiano Ronaldo a uma modelo americana em 2009, nesta quinta-feira, garantindo que a acusação "não munda a opinião" que o clube tem sobre o atacante português."Cristiano Ronaldo demonstrou nos últimos meses o seu grande profissionalismo e dedicação, algo que é apreciado por todos na Juventus", escreveu a Velha Senhora no Twitter."Os fatos denunciados que remontam há pelo menos 10 anos não mudam esta opinião, compartilhada por todos aqueles que estiveram em contato com este grande campeão", acrescentou a equipe atualmente heptacampeã consecutiva do Campeonato Italiano.O caso ameaça a reputação do cinco vezes vencedor da Bola de Ouro, depois da polícia de Las Vegas reabrir as investigações na segunda-feira por conta das denúncias da americana Kathryn Mayorga. A ex-modelo apresentou acusação no estado de Nevada indicando que Ronaldo forçou sexo com ela durante um encontro no dia 13 de junho de 2009.Os advogados da denunciante garantem ter conseguido correspondência entre o jogador e seus assessores legais, com o objetivo de alcançar um acordo extra-judicial que incluiu o pagamento de 375 mil dólares e a assinatura de um pacto de confidencialidade.Na quarta-feira, Ronaldo negou as acusações nas redes sociais e garantiu ter "a consciência limpa".ea/dj/mcd/fa

Escrito por:

AFP