Publicado 04 de Outubro de 2018 - 11h40

Por AFP

Dois astronautas americanos e um russo retornaram nesta quinta-feira à Terra, depois de um período de seis meses em órbita a bordo da Estação Espacial Internacional (ISS).A nave Soyuz MS-08, com Drew Feustel e Ricky Arnold da Nasa e Oleg Artemiev da agência espacial russa Roskosmos, pousou perto da cidade de Jezkazgan, Cazaquistão, às 17h45 locais (8H45 de Brasília).Os três homens haviam decolado da base de Baikonur em direção à ISS no dia 21 de março.Este é o primeiro retorno à Terra de uma nave Soyuz desde a polêmica provocada pela descoberta de um minúsculo buraco na MS-09, acoplada à ISS, que provocou uma despressurização muito lenta da estação orbital.O diretor da Roskosmos, Dmitri Rogozine, descartou a hipótese de falha de fabricação e mencionou publicamente a possibilidade de uma sabotagem, um possível "ato premeditado" na Terra ou no espaço. Esta hipótese foi desmentida desde então por vários especialistas russos.Antes de embarcar no Soyuz, Andrew Feustel transferiu o comando da ISS ao alemão Alexander Gerst, o segundo europei a dirigir a estação.Um americano e um russo devem decolar no dia 11 de outubro em direção à ISS, onde estão atualmente três astronautas: o alemão Gerts, a americana Serena Aunon-Chancellor e o russo Serguei Prokopiev.dr-cr/tbm/nm/ra/mb/fp

Escrito por:

AFP