Publicado 04 de Outubro de 2018 - 10h50

Por AFP

Um barco humanitário fretado por várias associações e organizações humanitárias, com bandeira da Itália, patrulha o Mediterrâneo perto da costa da Líbia para ajudar os migrantes que tentam a travessia, anunciou nesta quinta-feira a ONG alemã Sea-Watch."Voltamos ao mar, para vigiar e desafiar a política europeia que permite que as pessoas se afoguem", escreveu no Twitter a Sea-Watch, uma das associações que fretou a embarcação.O anúncio foi feito um dia depois do Aquarius, o maior navio humanitário ativo no Mediterrâneo, retornou ao porto de Marselha depois de perder a bandeira panamenha.O novo barco, "Mare Jonio", zarpou na quarta-feira do porto italiano de Augusta, leste da Sicília. Como não tem muita capacidade para resgatar e transportar pessoas, se dedicará a detectar embarcações e vigiar a região, após denúncias de naufrágios não confirmados em setembro.A embarcação se unirá ao "Astral", veleiro da ONG espanhola Proactiva Open Arms, que zarpou da Espanha há alguns dias para uma missão similar. bur-kv/mb/fp

Escrito por:

AFP