Publicado 04 de Outubro de 2018 - 14h01

Por Estadão Conteúdo

Atual número dois do mundo, Wozniacki avançou na quadra dura ao derrotar Anett Kontaveit

AFP

Atual número dois do mundo, Wozniacki avançou na quadra dura ao derrotar Anett Kontaveit

A rodada desta quinta-feira no Torneio de Pequim garantiu mais duas tenistas no WTA Finals que vai reunir as oito melhores tenistas da temporada no torneio que encerra o ano do circuito feminino, no fim do mês. A dinamarquesa Caroline Wozniacki assegurou seu lugar ao avançar às quartas da competição chinesa. Já a checa Petra Kvitova se classificou mesmo sem entrar em quadra.

Atual número dois do mundo, Wozniacki avançou na quadra dura chinesa ao derrotar a estoniana Anett Kontaveit, 21ª do ranking, por 2 sets a 0, com parciais de 7/5 e 6/4, em 1h50min. Nas quartas, a campeã do Aberto da Austrália vai enfrentar a checa Katerina Siniakova, que avançou ao derrotar a holandesa Kiki Bertens por 6/4 e 6/3. Wozniacki busca seu segundo troféu em Pequim - foi campeã em 2010.

O triunfo de Siniakova, que saiu do qualifying, foi o que garantiu a classificação antecipada de Kvitova ao WTA Finals. Com o revés, Bertens não poderia mais alcançar a rival na disputa por uma das vagas. A nova classificada havia sido eliminada logo na estreia em Pequim.

Antes de Wozniacki e Kvitova, somente três tenistas estavam garantidas na competição que encerrará a temporada entre os dias 21 e 28 deste mês, em Cingapura: a romena Simona Halep, a alemã Angelique Kerber e a japonesa Naomi Osaka. Halep, por sinal, virou dúvida ao admitir problema físico nas costas no início da semana.

Já garantidas, Kerber e Osaka tiveram resultados opostos em Pequim nesta quinta. Ex-número 1 do mundo e campeã de Wimbledon, a tenista da Alemanha caiu diante da local Shuai Zhang com direito a um "pneu": 6/1, 2/6 e 6/0. Kerber era a terceira cabeça de chave na competição chinesa.

Osaka, por sua vez, manteve a boa fase ao superar outra alemã, Julia Görges, por 6/1 e 6/2. A japonesa disputa seu segundo torneio desde que levantou o troféu do US Open. Em Tóquio, foi vice-campeã. E, na capital chinesa, caminha rumo a mais uma final. Para tanto, antes terá que superar nas quartas Shuai Zhang, a algoz de Kerber.

Em outro confronto desta quinta, a checa Karolina Pliskova se despediu da competição chinesa. Ela foi mais uma vítima da embalada local Qiang Wang, por duplo 6/4. Pliskova era a sétima cabeça de chave do torneio, enquanto Wang entrou como convidada na chave. Antes de derrubar uma das favoritas ao título, a tenista da casa aplicara um contundente duplo 6/0 na letã Jelena Ostapenko, campeã de Roland Garros no ano passado.

Escrito por:

Estadão Conteúdo