Publicado 03 de Outubro de 2018 - 7h36

Por Delma Medeiros

Los Que Vinieron Antes discute questões como a iminência da morte e o que uma pessoa que viveu para o trabalho faz de sua vida após a aposentadoria

Divulgação

Los Que Vinieron Antes discute questões como a iminência da morte e o que uma pessoa que viveu para o trabalho faz de sua vida após a aposentadoria

O espetáculo Los Que Vinieron Antes, da Cia. La Laura Palmer, do Chile, traz uma reflexão sobre o envelhecimento, os problemas e o aprendizado decorrentes da idade avançada. Em cena, os atores contam a história de Ítalo, um homem que se senta à mesa com seus avôs antes de um almoço para refletir sobre momentos importantes que passaram juntos e definiram suas trajetórias. “A partir dessa situação, o público é convidado a compartilhar os relatos e ser testemunha desse encontro familiar em que são discutidas questões importantes, como o que ocorre com um homem que vive somente para o trabalho quando se aposenta, e como viver quando se tem certeza da proximidade da morte”, explica o ator Italo Gallardo, que também assina a direção e a dramaturgia do espetáculo.

A montagem, que faz duas apresentações hoje no Sesc Campinas, integra a mostra Sentidos: A Longevidade na Arte, um encontro com diferentes linguagens criado com a proposta de estimular a participação de idosos em atividades artísticas. A mostra passará por 38 unidades do Sesc no Estado, e, no projeto, Campinas recebe o espetáculo da companhia de Santiago (Chile), encenado pela primeira vez no Brasil. A montagem será apresentada hoje, às 15h, com entrada franca, voltada especialmente para os frequentadores da terceira idade da unidade; e às 20h, a apresentação é para o público em geral, com cobrança de ingresso. “O Sesc é pioneiro no trabalho social com idosos com ações permanentes e presença constante nas atividades e nos debates no âmbito do Dia Internacional do Idoso, que se celebra em 1º de outubro. A Mostra Sentidos propõe discutir a velhice e a longevidade por meio da arte, na expectativa de que as reflexões despertadas pelo teatro e pela dança suscitem a desconstrução dos estereótipos e preconceitos que cercam o envelhecimento”, destaca Danilo Santos de Miranda, diretor regional do Sesc São Paulo.

O foco de Los Que Vinieron Antes está diretamente ligado às diretrizes da Mostra, que busca despertar, por meio dos múltiplos sentidos provocados pela arte, um olhar mais profundo sobre a temática do envelhecimento a partir dos 60 anos. O espetáculo é falado em espanhol com legendas em português em um telão.

Escrito por:

Delma Medeiros