Publicado 04 de Outubro de 2018 - 7h56

Por Renato Piovesan

Apesar do susto, ninguém ficou ferido no local, que fica na Avenida João Erbolato, no Jardim Chapadão

Matheus Pereira/Especial para a AAN

Apesar do susto, ninguém ficou ferido no local, que fica na Avenida João Erbolato, no Jardim Chapadão

Um carro conduzido por um motorista de 88 anos invadiu uma agência do Banco do Brasil na Avenida João Erbolato, no Jardim Chapadão, próximo à Torre do Castelo, em Campinas, no começo da tarde de ontem. Segundo familiares, o idoso não chegou a ter um mal súbito, mas se atrapalhou no volante no momento que entrava no estacionamento da agência bancária e acelerou sem querer. O veículo que ele conduzia, um Corsa preto, atingiu de raspão o parachoque de um Nissan Versa prata, de um motorista de aplicativo, e depois destruiu a porta de vidro do banco, parando apenas dentro da agência.

O motorista estava acompanhado de sua filha, que teria puxado o freio de mão no momento da batida. Eles sofreram apenas ferimentos leves e foram socorridos por uma equipe de resgate do Corpo de Bombeiros. O acidente ocorreu por volta das 13h30 e pouco depois mais dois familiares acompanharam pai e filha. Nenhum deles quis conceder entrevistas. Duas viaturas da Polícia Militar se dirigiram ao banco e interditaram o local com faixas e cones. O atendimento ao público foi suspenso até o fim da tarde e deverá seguir assim hoje. Funcionários da agência seguiram trabalhando normalmente.

A cena de destruição chamou a atenção no bairro. A aposentada Ida Jacques, de 86 anos, disse que ficou assustada com o que viu. “Eu ia passar no banco, aí vejo uma coisa dessas. Nunca tinha visto um carro dentro de um banco assim”, disse. O motorista d0 aplicativo Ricardo Francisco Becaleto, de 35 anos, que teve seu carro atingido pelo veículo que invadiu a agência bancária, afirmou que tudo foi muito rápido.

“Eu estava manobrando o veículo, vim trazer duas passageiras e ia aguardá-las. Quando estava terminando de manobrar, vi que o outro carro resvalou no meu. Foi bem rápido, um susto. Só estilhaço que voou. Mas felizmente não machucou ninguém”, relatou.

Em nota, o Banco do Brasil informou que lamenta o ocorrido e avisou que já acionou uma equipe para avaliar os danos e realizar os reparos necessários. Ainda não há previsão de reabertura da agência bancária.

Escrito por:

Renato Piovesan