Publicado 02 de Outubro de 2018 - 19h06

Por Estadão Conteúdo

O candidato do PT à Presidência da República, Fernando Haddad, disse nesta terça-feira, 2, no Rio, que um eventual governo de Jair Bolsonaro (PSL) seria "pior" do que a gestão de Michel Temer (MDB). Segundo Haddad, Bolsonaro pretende cortar direitos do trabalhador e rever programas sociais que marcaram o governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT). "Para quem está achando o governo Temer ruim, preste atenção no que pode vir, que será pior", disse, durante ato de campanha no centro de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense.

"Ele quer cortar salários para aumentar o lucro, achando que vai gerar investimento. Isso já foi testado em outros países e deu desastres. Vejam o que está acontecendo na Argentina".

Haddad voltou a acusar Bolsonaro de fugir de debates. "Eu peço a Deus muita saúde para o Bolsonaro, não desejo mal a ninguém, para que ele tenha coragem de ir ao debate da Globo". Segundo o petista, o projeto de país de seu oponente levará o Brasil a "trevas e intolerância".

Escrito por:

Estadão Conteúdo