Publicado 14 de Agosto de 2018 - 9h38

Por Estadão Conteúdo

No acumulado de janeiro a julho de 2018 em relação ao mesmo período de 2017, as importações cresceram 22%, enquanto as exportações aumentaram 7,9%

No acumulado de janeiro a julho de 2018 em relação ao mesmo período de 2017, as importações cresceram 22%, enquanto as exportações aumentaram 7,9%

A balança comercial brasileira registrou um superávit de US$ 4,2 bilhões em julho. O resultado levou a um saldo de US$ 34 bilhões acumulados nos sete primeiros meses de 2018, desempenho inferior em US$ 18,5 bilhões ao registrado em igual período de 2017. Os dados são do Indicador do Comércio Exterior (Icomex), divulgado nesta terça-feira, 14, pela Fundação Getulio Vargas (FGV).

Em termos de valor, as exportações cresceram 22% em julho deste ano ante o mesmo mês do ano passado, enquanto as importações aumentaram 49,5%. Segundo a FGV, o crescimento das exportações em julho está associado ao bom desempenho das commodities, já o salto nas importações foi impulsionado pelas importações de plataformas de petróleo.

No acumulado de janeiro a julho de 2018 em relação ao mesmo período de 2017, as importações cresceram 22%, enquanto as exportações aumentaram 7,9%.

Quanto ao volume, as exportações cresceram 8,7% em julho de 2018 ante julho de 2017, ao passo que as importações avançaram 38,3%. No acumulado de janeiro a julho, o volume exportado teve elevação de 2,6%, e o volume importado registrou alta de 13,4%.

Escrito por:

Estadão Conteúdo