Publicado 13 de Agosto de 2018 - 11h40

Por AFP

A ex-funcionária da Casa Branca celebridade de televisão, Omarosa Manigault Newman, divulgou a gravação de uma conversa privada com o presidente Donald Trump depois de ser demitida.O programa "Today" do canal NBC divulgou a gravação, na qual Trump afirma que não sabia que ela havia sido demitida pelo chefe de gabinete da Casa Branca, John Kelly, e expressa pesar pela notícia.A gravação é a última etapa do descontentamento da mulher de 44 anos, que já foi uma fervorosa defensora de Trump.A gravação também parece mostrar um presidente que tem um conhecimento reduzido do que acontece dentro da Casa Branca ou que está disposto a mentir para evitar um confronto."Omarosa? Omarosa o que está acontecendo? Eu acabo de ver as notícias de que você está pensando em sair? O que aconteceu?", questiona Trump, aparentemente sem saber que ela já havia sido demitida."Ninguém me disse", completa o presidente. "Você sabe que eles comandam uma grande operação, mas eu não sabia".O presidente continua: "Eu não sabia. Maldição! Não gosto que você vá embora de jeito nenhum".Depois da divulgação do áudio, aparentemente gravado na Sala de Crise da Casa Branca, Trump chamou "Omarosa", como é conhecida a ex-funcionária, de "delinquente".Trump chegou à presidência com a promessa de contratar "apenas as melhores pessoas", mas teve que enfrentar vazamentos e escândalos dentro de sua equipe na Casa Branca.

Escrito por:

AFP