Publicado 12 de Agosto de 2018 - 11h00

Por AFP

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, exigiu um cessar-fogo "total" do Hamas na Faixa de Gaza, em uma primeira declaração após a escalada de violência dos últimos dias."Estamos em uma campanha contra o terrorismo em Gaza", declarou Netanyahu no início da reunião semanal do conselho de ministros."Nosso pedido é claro: um cessar-fogo total. Não nos contentaremos com menos", acrescentou."Até o momento, destruímos centenas de alvos militares do Hamas e, frente a cada nova série de ataques, o Exército faz o Hamas pagar caro", afirmou Netanyahu.Israel e Hamas, o movimento islamista que governa a Faixa de Gaza, protagonizaram na semana passada um dos mais graves confrontos desde a guerra de 2014.Na quinta-feira, após a mediação de ONU e Egito, Israel e Hamas acertaram uma trégua, a qual observadores consideram muito frágil.Desde 30 de março, os moradores de Gaza protestam toda a sexta-feira contra o bloqueio israelense e pelo retorno dos palestinos expulsos, ou que fugiram de suas terras após a criação de Israel em 1948.Algumas das manifestações geraram conflitos com os militares israelenses instalados do outro lado da fronteira.scw/mib/cmr/mer/zm/age/tt

Escrito por:

AFP