Publicado 11 de Agosto de 2018 - 16h30

Por AFP

Cinquenta e três civis, 28 deles crianças, morreram na Síria em ataques aéreos lançados na noite desta sexta-feira contra territórios rebeldes no norte daquele país, aponta um novo balanço do Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH), divulgado hoje.Ataques aéreos à província de Idlib, dominada por jihadistas e rebeldes, e a uma localidade rebelde da província vizinha de Aleppo foram lançados ontem, em um dos bombardeios mais sangrentos àquele setor em meses, segundo a ONG.Somente na localidade de Orum al-Kubra, oeste da província de Aleppo, os bombardeios mataram 41 civis, 25 deles crianças, segundo o novo balanço da organização, que não pôde confirmar se os bombardeios foram lançados pelo regime sírio ou pela aliada Rússia."Este é o balanço mais elevado nos territórios rebeldes da província de Aleppo em 2018", assinalou o diretor da ONG, Rami Rahman.Ainda segundo o OSDH, na província de Idlib, 12 civis, entre eles três crianças, morreram em bombardeios do regime e da Rússia contra duas localidades.rh/tgg/hj/bc/age/lb

Escrito por:

AFP