Publicado 10 de Agosto de 2018 - 17h50

Por Divulgação


Divulgação

O Coral do Grupo Primavera participa pela primeira vez do Festival de Coros Infantis, no Theatro Municipal de São Paulo, localizado à Praça Ramos de Azevedo, sem número, na capital paulista. O evento, com classificação etária livre, será no próximo dia 19 (domingo), a partir das 16h30. Os ingressos custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia) e podem ser adquiridos conforme informações do site www.eventim.com.br.

Regido pela educadora Luciana Vieira, o coral do Grupo Primavera a se apresentar em São Paulo será composto por 30 vozes de meninas e meninos entre 10 e 14 anos de idade. No repertório, música popular brasileira e estrangeira, como “Do lado de cá” (Chimarruts), “Tambores de Minas e Benke” (Milton Nascimento), “Correnteza” (Tom Jobim), “Vilarejo” (Marisa Monte), “Scarborough Fair” (domínio popular) e “Vent Du Matin” (Andeol Chartier).

“Nossa entidade visa ir além de proporcionar uma ocupação diária das crianças e adolescentes, oferecendo a oportunidade de se desenvolverem profissional e artisticamente. Dentre as oficinas de arte, temos a de Canto Coral, desenvolvida desde 2000. Ao longo desses 18 anos, foram diversas apresentações em empresas, teatros, centros comunitários, escolas e outros locais. As apresentações encantam pela qualidade artística e escolha de repertório. Em constante renovação, o núcleo experimenta novas linguagens para o canto coral e também a entrada e saída de participantes”, diz Sandra Zuliani, responsável pela Coordenação Artística do Grupo Primavera.

Segundo ela, o convite dos organizadores desse evento surgiu por meio de contato da regente do Grupo Primavera junto a profissionais do Municipal, para os quais foi apresentado um vídeo do coral da instituição, cantando junto à orquestra sinfônica de Campinas. “Eles também ficaram encantados com a qualidade do trabalho musical, afinação e articulação das vozes dos participantes. E nós ficamos muito felizes em poder levar o nosso trabalho a um palco tão belo e importante quanto o do centenário Theatro Municipal de São Paulo, ao lado de outros corais como o Coral Paulistano, da regente Naomi Munakata.”

Escrito por:

Divulgação