Publicado 12 de Agosto de 2018 - 20h40

Por Henrique Hein

O Encontro de Vinhos foi realizado em conjunto com o Festival de Queijos e Vinhos, em clima familiar e descontraído na tradicional Praça Carlos Gomes: muita gente pelos gramados, bons pratos e aromas de vinhos rosados, espumantes, brancos e tintos

Divulgação

O Encontro de Vinhos foi realizado em conjunto com o Festival de Queijos e Vinhos, em clima familiar e descontraído na tradicional Praça Carlos Gomes: muita gente pelos gramados, bons pratos e aromas de vinhos rosados, espumantes, brancos e tintos

A animação, mesclada ao intenso sabor dos queijos e ao inigualável aroma dos mais diversos tipos de vinhos foram as principais atrações do Encontro de Vinhos e do Festival de Queijos & Vinhos, na Praça Carlos Gomes, no Centro de Campinas, na tarde do último sábado. Ao todo, os dois eventos reuniram cerca de 5 mil pessoas no local. Foi a primeira vez que as duas festividades foram realizados juntas.

Durante todo o sábado, o público presente pode contar com uma grande feira de queijos e uma degustação de rótulos de vinhos nacionais e importados, com direito a espaço kids e uma programação musical com DJ e a banda Folksons. Os pratos foram vendidos a preços populares, a partir de R$ 20.

A programação também contou com workshops ligados ao universo dos vinhos e queijos, além do concurso do Top 5 vinhos do evento. Ao todo, as duas comemorações contaram com os seguintes stands: Vinhos do Tejo, Winebrands Perez Cruz, Casa Perini, Quinta da Companhia, World Wine, La Pastina, Aurora, Mala de Vinho, La Cristianini, Familia Cassone, Casa Scalecci, Decanter Campinas, Chez France, Vinhos Verdes e Bendito Vinho.

De acordo com o organizador do encontro, Daniel Perches, Campinas é uma das principais cidades do calendário do evento e a única que não é capital. “A gente faz o encontro de vinhos há dez anos e esse é o sexto evento aqui em Campinas. Antes, a gente fazia um festival de queijos e vinhos e depois realizava o encontro de vinhos. Neste ano, jutamos tudo. Temos chefs fazendo pratos à base de queijos e vários expositores de vinhos, desde exportadores, produtores e representantes”, explicou.

O juiz Rafael Marques de Setta, de 37 anos, comentou que aproveitou o dia ensolarado para sair de casa e ir com a família até a Praça Carlos Gomes. Ela disse que ficou sabendo da festividade por meio de informações que foram divulgadas na mídia. “A gente gosta muito de vinho e de eventos ao ar livre. Então, o que nos motivou a vir aqui foram justamente esses dois fatores. Eu e minha mulher nos organizamos e trouxemos nossas duas crianças e a minha sogra. Pretendemos ficar aqui até as nossas crianças não aguentarem mais”, brincou.

Já o sommelier argentino Martín Pistone, de 31 anos, comentou que a paixão por produzir e vender vinhos vem de sangue. “Sou argentino e vivo no Brasil. Faço parte de uma família produtora e importadora de vinhos. Hoje nós trouxemos vinhos espumantes, rosados, brancos, tintos e a expectativa com relação as vendas é bem positiva não só para mim, mas para todos os vendedores aqui presentes”, frisou. 

Escrito por:

Henrique Hein