Publicado 11 de Agosto de 2018 - 6h00

Por Do Correio

Sem preparo do terreno, o Cemitério da Saudade, em Campinas, parece estar na rua e carece de espaço para sepultamentos

Reprodução

Sem preparo do terreno, o Cemitério da Saudade, em Campinas, parece estar na rua e carece de espaço para sepultamentos

O ENSINO MÉDIO ESTÁ MUDANDO

O ensino de grau médio, em nosso Estado, está passando por importantes reformulações. O decreto assinado dia 2 pelo governador Abreu Sodré, — que regulamenta a lei 10.038 — modifica as terceiras séries dos ciclos colegial, secundário e normal, que são consideradas corno ano de orientação. A partir do próximo ano as terceiras séries serão organizadas em áreas de estudo, diferenciais e optativa, cada uma delas correspondente a um setor integrado de conhecimento e atividades. Os alunos optarão, ao atingirmos o terceiro ano do ciclo em que estiveram, por uma das áreas de estudo oferecidas pelo estabelecimento.

 

CEMITÉRIO DA SAUDADE PRECISA DE IMEDIATAS MELHORIAS

Com as últimas desapropriações nos fundos do cemitério da Saudade, os muros de necrópole vão chegar até à avenida Mirassol. Residências ali existentes até há pouco já foram demolidas e outras serão 'ou receberão logo o mesmo tratamento. Sepultamentos já estão sendo feitos mesmo junto às paredes de edifícios ainda habitados. Com isto, o problema estará resolvido até o próximo ano, mas é claro que, se firmes e decididas providências não forem tomadas para uso da nova necrópole no bairro dos Amarais, no próximo ano talvez, tenha a Prefeitura de desapropriar outras áreas, ao lado da rua Abolição, ou, então, fazendo desaparecer a avenida Mirassol, ir além com os sepultamentos. A rua Jardinópolis já desapareceu: logo será leito de sepulturas.

 

OS TCHECOS DÃO APOIO AO PACTO DE VARSÓVIA

O Presidium do Partido Comunista Tcheco reuniu-se aqui esta manhã para tirar as conclusões das conferencias de Cierna e Bratislava, informou-se de fonte fidedigna. Convocou-se uma reunião do corpo de dirigentes do Partido de Praga que se realizará, esta tarde no Palácio da Cultura, onde vários líderes, principalmente, Srkovsky, Cisar e Simon darão conta dos resultados de ambas as conferencias de cupula. O primeiro secretário-geral do Partido Comunista Tcheco-Eslovaco, Alexander Dubcek, declarou domingo que seu país continuará apoiando firmemente o Pacto de Varsóvia, num discurso televisado.

Escrito por:

Do Correio