Publicado 27 de Fevereiro de 2018 - 19h05

Uma surpresa vai calar a boca de Nádia, a personagem racista vivida por Eliane Giardini em O Outro Lado do Paraíso. Depois de infernizar a vida do filho Bruno (Caio Paduan) e da juíza Raquel (Erika Januza) por não aceitar o relacionamento dos dois pelo fato da jovem ser negra, ela terá uma grande surpresa com o nascimento do filho de Diego (Arthur Aguiar) com Karina (Malu Rodrigues): o menino é negro.

Antes, Bruno tenta convencer a mãe a falar com Raquel, mas ela afirma que nunca. “Não quero netos café com leite. Minha família é branca e vai continuar branca”, afirma. Dias depois, a bolsa de Karina estoura e a família toda segue para o hospital. Lá, a moça é levada para a sala de partos e Nádia dá as coordenadas: “Quero o melhor quarto. O mais luxuoso para meu neto tão esperado”, diz.

Mas, o parto, cujas cenas estão previstas para o dia 24 de março, será o começo da reviravolta para Nádia. Com o nascimento do bebê negro, todos descobrirão que tanto Nádia quanto o marido, o juiz Gustavo (Luís Melo) são afrodescendentes.

Ao ver o bebê negro, a dona do salão ficará em choque e criará uma baita confusão no hospital, dizendo que o bebê não é do seu filho. Karina, então vai exigir que façam um teste de DNA, o que confirma a paternidade. Diego questionará como isso é possível, se ele é branco e a mãe da criança é loira. A dona do salão exigirá um novo exame, mas Samuel (Eriberto Leão) refuta que é inútil. O psiquiatra lembra que em muitas famílias, todos têm olhos castanhos e, de repente, nasce alguém de olhos azuis. “Só estou tentando explicar que talvez tenham antepassados negros. Você ou seu marido”, explicará Samuel.

Gustavo conta então que tinha uma bisavó índia e uma avó negra. Nádia se revolta, mas Renan (Carlos Bonow) o obstetra,explicará que o bebêtem muitas caracteriísticas afrodescendentes e por isso a genética teria que ser dos dois lados. “Meu avô”, admite Nádia. Ela revela que não conheceu bem o avô e que teve uma prima “café com leite”, mas que mal vê e nem se lembrava mais da existência.

A notícia se tornará o principal assunto em Palmas. Nádia cuidará do neto, mas o apelidará de “intruso”. Raquel aproveita para cutucar Bruno. Ele admite que os pais têm negros na família. Ao que ela retruca: “Boa parte dos brasileiros tem. Por isso é que não entendo o racismo”. Agora é esperar para ver como Nádia vai reagir. Em capítulos anteriores Mercedes (Fernanda Montenegro) havia avisado a Nádia que uma pessoa mudaria sua vida. Será o neto negro?