Publicado 28 de Fevereiro de 2018 - 10h40

Por AFP

A primeira-ministra britânica Theresa May alertou nesta quarta-feira no Parlamento que a proposta europeia de que a Irlanda do Norte continue na união alfandegária é uma ameaça para a integridade do Reino Unido e que não tolerará isso."O rascunho que foi publicado pela Comissão Europeia, se aplicado, prejudica o mercado comum britânico e ameaça a integridade constitucional do Reino Unido", afirmou May.Ela alertou que "nenhum primeiro-ministro jamais consentirá esta proposta".Mais cedo, o negociador-chefe da UE, Michel Barnier, afirmou que a província britânica da Irlanda do Norte poderá conservar normas conformes às da união alfandegária após o Brexit. Segundo ele, que apresentou um primeiro rascunho do Tratado do Brexit nesta quarta, o texto inclui uma solução para que a Irlanda do Norte siga em "completa harmonia" com a Irlanda, membro da UE, no tocante ao mercado único e à união alfandegária, se não for encontrada outra solução.A União Europeia publicou sua primeira versão do Tratado do Brexit, um passo nas negociações com Londres, mas que poderá reavivar os desacordos sobre o conteúdo deste texto.O documento de 120 páginas traduz em linguagem jurídica os compromissos alcançados em dezembro sobre três questões-chave: a situação do expatriados, a fatura da ruptura do Reino Unido com a UE e o futuro da fronteira irlandesa.Também fixa as regras do jogo do período de transição que o Reino Unido deseja ter depois de sua saída, prevista para o final de março de 2019, para evitar os efeitos que pode ter uma separação brusca. al/mb/cn

Escrito por:

AFP