Publicado 27 de Fevereiro de 2018 - 4h20

Por AFP

O Hospital Quality Institute (HQI), a California Hospital Association

(CHA) e a Patient Safety Movement Foundation (PSMF) fecharam uma

parceria para acelerar a redução de erros médicos e eliminar as mortes

evitáveis de pacientes em hospitais de toda a Califórnia.

Este comunicado de imprensa inclui multimédia. Veja o comunicado completo aqui:

http://www.businesswire.com/news/home/20180226006746/pt/

Julie Morath, HQI President and CEO, pictured with Joe Kiani, Founder and Chairman of the Patient Safety Movement Foundation, shown at the 6th Annual World Patient Safety, Science & Technology Summit in London (Photo: Business Wire)

O foco central da parceria será um painel digital inovador e disponível

ao público que proporcionará pronto acesso a dados hospitalares sobre

segurança de pacientes a hospitais, médicos e consumidores. Ao contrário

de outros sistemas de monitoramento da segurança de pacientes, que

costumam contar com dados que chegam a ter até dois anos de antiguidade,

os dados disponíveis no painel digital serão atualizados regularmente e

publicados nos sites dos hospitais participantes.

"Os pacientes e o público em geral poderão acessar importantes

informações atualizadas sobre a contínua melhoria no atendimento de

pacientes fornecido pelos hospitais da Califórnia", comentou

Julie Morath, presidente e diretora executiva do HQI.

De acordo com Morath, o painel apresentará inicialmente cinco medidas de

qualidade de atendimento: infecções de corrente sanguínea associadas a

acessos venosos centrais (central line-associated blood stream

infections, CLABSI), infecções em ambientes cirúrgicos, taxas de

nascimento por cesariana, taxas de mortalidade por sepsia e

tromboembolismo venoso. Os hospitais participantes verificarão seu uso

de práticas baseadas em evidências - como as que buscam evitar

hemorragia pós-parto ou o reconhecimento e tratamento precoces de sepsia

- que têm demonstrado melhorar os resultados para os pacientes. A

implementação será então relatada no painel digital.

"Implementar práticas baseadas em evidências para eliminar lesões

evitáveis em pacientes e divulgar publicamente os resultados é a melhor

forma que conhecemos para que os hospitais acabem com as mortes

evitáveis", afirmou Joe Kiani, fundador da Patient Safety Movement

Foundation. "Parabenizamos os hospitais da Califórnia por darem os

importantes passos necessários para não mais apenas esperarem a meta de

erradicação de morte evitáveis, mas efetivamente se planejarem para

atingi-la. Acreditamos que os hospitais californianos se tornarão os

mais seguros de todo o país."

Carmela Coyle, presidente e diretora executiva da California Hospital

Association, observou que o painel digital permitirá que hospitais e

médicos "identifiquem tendências de maneira mais precoce que no passado,

o que facilitará a melhoria contínua do atendimento aos pacientes".

"Para nós, é uma grande satisfação poder apoiar este trabalho tão

importante", declarou Coyle. "Como resultado deste esforço de

colaboração, a qualidade do atendimento prestado aos pacientes

continuará melhorando em todo o estado."

O HQI é patrocinado conjuntamente pela CHA e três associações de

hospitais regionais: o Hospital Council of Northern and Central

California (Hospital Council), a Hospital Association of Southern

California (HASC) e a Hospital Association of San Diego and Imperial

Counties (HASDIC). A organização trabalha com hospitais associados de

toda a Califórnia para atingir a meta de melhorar a segurança e a

qualidade do atendimento para os pacientes.

Mais de 200.000 pacientes dos EUA e três milhões em todo o mundo morrem

todos os anos de causas evitáveis. A Patient Safety Movement Foundation

(PSMF) se constituiu com o apoio da Masimo Foundation for Ethics,

Innovation, and Competition in Healthcare para eliminar as mortes

evitáveis até 2020 (0X2020). A Patient Safety Movement Foundation foi

criada para unir o setor de saúde realizando compromissos e conectando

pessoas, ideias e tecnologia com o objetivo de enfrentar problemas

relativos à segurança. A Fundação também convoca a Cúpula Mundial sobre

Segurança de Pacientes, Ciência e Tecnologia, que reúne algumas das

mentes mais brilhantes do mundo para debates instigantes e novas ideias

que desafiam o status quo. A fundação realiza sua missão apresentando

soluções específicas e de alto impacto para lidar com os desafios da

segurança de pacientes, chamadas soluções acionáveis para a segurança

dos pacientes (Actionable Patient Safety Solutions, APSS), incentivando

empresas de tecnologia médica a compartilharem os dados para os quais

seus produtos são adquiridos e pedindo que hospitais estabeleçam

compromissos para implementar as APSS.

Para consultar mais informações sobre o HQI e a CHA, entre em contato

com Jan Emerson pelo e-mail [email protected]

ou pelo telefone (916) 552-7516. Para obter mais informações sobre a

Patient Safety Movement Foundation, entre em contato com Tanya Lyon pelo

e-mail [email protected]

ou pelo telefone (949) 351-2858.

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada.

As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se

referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que

tem efeito legal.

Ver a versão original em businesswire.com: http://www.businesswire.com/news/home/20180226006746/pt/ Contato

Patient Safety Movement Foundation Tanya Lyon, (949) 351-2858 [email protected] ou California

Hospital Association Jan Emerson-Shea, (916) 552-7516 [email protected]

This material is not an AFP editorial material and AFP shall not bear responsability for the accuracy of its content. In case you have any questions about the content, kindly refer to the contact person mentioned in the text of the release. End of the Business Wire's Press Release

Escrito por:

AFP