Publicado 26 de Fevereiro de 2018 - 21h40

Por AFP

Em plena onda de frio, Paris abriu nessa segunda-feira (26) suas passarelas de prêt-à-porter feminino para o próximo outono-inverno, recebendo o bastão no revezamento com a Semana de Moda Milão.O estilista francês Simon Porte Jacquemus abriu nessa noite a maratona de desfiles que termina em 6 de março e vai incluir quase 80 coleções, entres elas de marcas famosas como Dior, Saint Laurent - nessa terça-feira - e Chanel, no último dia.Jacquemus, estilista autodidata de 28 anos, apresenta suas coleções desde 2012 no calendário oficial da Semana de Moda parisiense e combateu o frio com uma "viagem" a um mercado marroquino."Muitas vezes, depois de um desfile, vou para o Marrocos. Ali dirijo uma moto por tanto tempo que minha camisa cheira a gasolina no final do dia", escreveu o estilista na apresentação do desfile, marcado por looks vaporosos, vestido e saias com fendas que expõem a coxa.Outra francesa, Marine Serre, ganhadora em 2017 do famoso prêmio LVMH para jovens criadores, vai estrear nessa terça-feira na Semana de Moda de Paris.O programa do evento traz também a volta da Poiret, marca histórica do início do século XX comprada recentemente por um grupo coreano, que vai apresentar sua coleção no domingo.Entre os estreantes, se destacam a japonesa Beautiful People e Anais Jourden, da estilista Anais Mak, baseada em Hong Kong. Ausente do programa, a Céline se limitará nessa temporada a uma apresentação no ateliê, em 6 de março. A marca passa por um momento de mudança em sua direção artística após a partida da britânica Phoebe Philo e a chegada de Hedi Slimane, que volta ao mundo da moda dois anos depois de abandonar a Yves Saint Laurent. O primeiro desfile do francês está previsto para setembro.A Semana de Moda parisiense coincide com a inauguração, no sábado, de uma exposição em Paris sobre o belga Martin Margiela, quase uma década depois do enigmático e influente estilista nascido em 1957 decidir por um fim em sua carreira.alm-app/sgf/cr/mvv

Escrito por:

AFP