Publicado 27 de Fevereiro de 2018 - 6h00

Por Do Correio

A nova diretoria da ACIC, aparecendo ao centro o presidente Guilherme Campos, que foi reeleito

Reprodução

A nova diretoria da ACIC, aparecendo ao centro o presidente Guilherme Campos, que foi reeleito

COMUNISTAS LANÇAM FOGUETES SÔBRE A BASE DE SAIGON

Guerrilheiros comunistas prosseguem desde ontem à noite em seu segundo ataque  de foguetes contra a base da fôrça aérea norte-americana situada nos arredores de Saigon, enquanto se trava violenta batalha em ambos os lados da importante base militar. Em Tóquio, a rádio de Hanói afirmou que a ofensiva do Ano Nôvo Lunar, lançada em todo o Vietnã do Sul, deixou os comunistas mais próximos de uma completa vitória na guerra do Vietnã. Acrescentou a emissora em transmissão captada em Tóquio que as fôrças comunistas conseguiram seus maiores triunfos militares na guerra, destruindo o programa de pacificação do govêrno e dominando zonas extremamente extensas do país.

 

SERÁ EMPOSSADA HOJE A DIRETORIA DA ACIC

Esta noite, em solenidade a ser realizada no salão nobre da Associação Comercial e Industrial de Campinas, às 20 horas, com a presença de altas personalidades políticas e sociais, bem assim de figuras do empresariado, tomará posse a diretoria reeleita pelos sócios da entidade, no último dia 25 de janeiro. O dr. Guilherme Campos foi reconduzido à presidência do órgão, para comandá-lo no biênio de 68-69. Durante a cerimônia, diversos oradores se sucederão no uso da palavra, cabendo afinal ao presidente da ACIC utilizá-la para um sucinto relato de seu plano de ação, além de fazer retrospecto sôbre o que sua diretoria realizou em um ano e meio de gestão. Depois desses atos, os presentes serão obsequiados pelos novos diretores com coquetel.

 

ATENTADO EM PARIS CONTRA A EMBAIXADA IUGOSLAVA

Um atentado foi a causa da explosão ocorrida na noite de outubro na embaixada iugoslava em Paris, confirmou esta manhã a polícia parisiense. Pouco antes das 11 horas locais, os peritos que faziam diligências nas dependências sinistradas descobriram os restos de um aparelho explosivo de relojoaria. O atentado provocou a morte de uma pessoa. Outras dezenove ficaram feridas. O falecido era um jovem operário de 21 anos, chegado a França há três meses. Segundo parece, o engenho que explodiu era de fabricação caseira.

Escrito por:

Do Correio