Publicado 27 de Fevereiro de 2018 - 15h29

Por Estadão Conteúdo

O Banco Central e o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) assinarão memorando de entendimento para procedimentos de cooperação nas análises de atos de concentração no sistema financeiro. A assinatura ocorrerá em cerimônia na quarta-feira, 28, às 12h30 na sede do Cade, em Brasília. O acordo será firmado pelos presidentes do BC, Ilan Goldfajn, e do Cade, Alexandre Barreto.

BC e Cade têm histórico de relação conflituosa sobre o tema. Ao analisar movimentos de aquisição e fusão no setor bancário, o Banco Central tem como principal ponto de atenção a análise do risco sistêmico. Essa avaliação do BC não necessariamente tem resultado semelhante à feita pelo Cade, que observa negócios pela ótica concorrencial.

Escrito por:

Estadão Conteúdo