Publicado 27 de Janeiro de 2018 - 12h34

Por Paulo César Dutra Santana

Autor do gol na derrota para o Peixe, por 2 a 1, o meia Leo Artur fala em amadurecimento para a Ponte Preta não se perder no Campeonato Paulista. “Em uma bola ou outra que dá para segurar mais um pouco, a gente tem sido muito afoito. Isso acontece por conta da juventude dos atletas, mas creio que vai melhorar ao longo do campeonato e conseguiremos melhorar”, acredita.

Na opinião do camisa 10, a Macaca não pode recuar tanto como fez no último confronto. “Fizemos o gol cedo e recuamos cedo também. Foi falado para não recuarmos tanto, mas não teve como”, admite.

Segundo o jogador, a juventude que ajuda também pode atrapalhar. “Por sermos jovens, temos essa ânsia de correr toda hora, de querer ir para cima. Tem o lado bom e o lado ruim porque quando precisa ter um pouco de calma, às vezes a gente não consegue. Mas acho que podemos evoluir e que no final prevaleça o lado bom”, confia.

Leo espera uma Ponte Preta mais focada para conseguir quebrar a invencibilidade do São Bento, hoje, fora de casa. “Temos que fazer sempre o nosso melhor. É trabalhar e mostrar o nosso melhor porque tenho certeza que vamos vencer e sair de Sorocaba com os três pontos. O São Bento é uma bela equipe. Sabemos o que vem pela frente e para vencer será preciso muita dedicação, trabalho e concentração do começo ao fim”, completa.

Um dos segredos do Bentão é a continuidade do time titular. Desde a estreia, quando venceu o São Paulo por 2 a 0, o treinador não mexeu no time. Hoje, é bem provável que isso se repita. (AAN))

Escrito por:

Paulo César Dutra Santana