Publicado 25 de Janeiro de 2018 - 16h24

Por Adriana Leite e Silva

Maria Teresa Costa

Da Agência Anhanguera

[email protected]

O juiz da 1ª Vara da Fazenda Pública, Mauro Fukumoto, concedeu liminar ontem a mandado de segurança para a suspensão da exigibilidade do crédito tributário IPTU impetrado pela Agropecuária Amor Ltda e autorizou a empresa a fazer os depósitos das parcelas em juízo. O secretário de Assuntos Jurídicos, Silvio Bernardin, informou que vai avaliar se ingressará com recurso, porque como o depósito será feito e irá para um fundo, a Prefeitura está autorizada por lei a retirar até 70% dos recursos para pagamentos de precatórios.

Segundo o advogado Bruno Martins Lucas, do escritório Martins Lucas

Escrito por:

Adriana Leite e Silva