Publicado 24 de Janeiro de 2018 - 16h43

Por Carlos Augusto Rodrigues da Silva

O presidente Palmeron Mendes Filho prometeu, antes do jogo contra o São Bernardo, a chegada de um centroavante para reforçar o Guarani. E ele veio. Ou melhor, tem tudo para vir. Ontem, o clube anunciou a apresentação de Alemão, mas algum tempo depois voltou atrás e disse que ele é esperado hoje em Campinas. A alegação é de que o Paraná, que emprestará o atacante ao Bugre, não liberou toda a documentação do atleta.

Com 28 anos e nascido na vizinha Valinhos, Alemão tem contrato com os paranaenses até o final da temporada. A vinda para o Guarani seria por conta de problemas particulares do atleta, mas segundo apurado pela reportagem do Correio Popular, o jogador teve a saída encaminhada por conta de sua postura. Desde o final do ano passado, quando disse que esperava uma proposta do Santos, o atacante criou desconforto em Curitiba, o que piorou após um ato de indisciplina que teria sido cometido na semana passada.

Quem falou pela primeira vez como jogador bugrino ontem foi o zagueiro Fernando Lombardi, que espera a regularização para ficar à disposição do técnico Umberto Louzer. "Muito motivado e feliz de vir para cá. Espero fazer uma grande Série A2 com os meus companheiros, porque o Guarani merece e precisa estar na Série A1", disse o defensor.

Ontem, o elenco se reapresentou após a derrota para o São Bernardo e hoje já realiza o último treinamento antes da partida contra o Água Santa, amanhã, às 19h, no Brinco. Devido a má atuação, há a possibilidade de que o técnico Umberto Louzer promova alguma mudança na equipe titular. (CR/AAN)

Escrito por:

Carlos Augusto Rodrigues da Silva