Publicado 04 de Janeiro de 2018 - 19h05

Não há como não reconhecer o trabalho, profissionalismo e organização da teledramaturgia da Globo. Deus Salve o Rei, a nova das 7, no ar a partir da próxima terça, vai estrear com 30 capítulos gravados, 18 editados e 12 inteiramente finalizados. Falar o quê?! E isso porque ainda houve a necessidade de superar os problemas provocados pelo incêndio, que destruiu praticamente toda a sua cenografia.

Um acontecimento que levou o pessoal envolvido a se desdobrar e, o quanto antes possível, passar por cima dos inúmeros transtornos causados.

A possibilidade de um adiamento, levantada num determinado instante, rapidamente deixou de ser considerada graças ao esforço e determinação de todos.

Dentro desse contexto, também chamou atenção uma observação feita por Bruna Marquezine, que pode até explicar o sucesso dessa engrenagem. Segundo ela, além do profissionalismo, muito está relacionado ao entrosamento da equipe, do aspecto “família”. Sobrou até uma alfinetada:

“Tem produção por aí que diz que é uma ‘família’, mas a gente sabe que não é tão ‘família’ assim. Ao contrário do que acontece aqui”.