Publicado 26 de Janeiro de 2018 - 20h50

Por AFP

A oposição venezuelana chamou seus seguidores a se reinscreverem ante o poder eleitoral em dois de seus principais partidos e se rebelarem contra a decisão do máximo tribunal, que excluiu a coalizão Mesa da Unidade Democrática (MUD) das presidenciais."Pedimos aos venezuelanos que nos acompanhem, que saiam às ruas para validar os partidos políticos e se rebelarem contra este abuso", assinalou nesta sexta-feira o deputado Tomás Guanipa, secretário-geral do Primeiro Justiça, um dos agrupamentos que deve se reinscrever no fim de semana. O Conselho Nacional Eleitoral (CNE) - acusado pela oposição de servir ao governo de Nicolás Maduro - confirmou nesta sexta-feira que está mantido para sábado e domingo o processo de recolhimento de assinatura para reinscrição do Primeiro Justiça e do Ação Democrática, os dois maiores partidos da MUD."Este 27 e 28 de janeiro temos que sair para tomar a Venezuela para validarmos e continuarmos trabalhando para construir uma saída eleitoral a esta terrível crise", anunciou o Ação Democrática.avs/mbj/mis/lda/cb

Escrito por:

AFP