Publicado 25 de Janeiro de 2018 - 23h30

Por AFP

O primeiro lançamento do foguete Ariane 5 em 2018 sofreu uma "anomalia" nesta quinta-feira na Guiana Francesa, anunciou o presidente-executivo da Arianespace. Stéphane Israël indicou que o centro espacial de Kourou perdeu o contato com o foguete durante sua missão. O Ariane 5 havia sido lançado normalmente às 19H20 de quinta-feira (20H20 em Brasília) com dois satélites de telecomunicações a bordo: o SES-14 para a operadora luxemburguesa SES e o Al Yah 3 para a Yahsat, dos Emirados Árabes Unidos. Apesar dessa perda de contato, dois satélites comerciais foram colocados em órbita com um foguete Ariane 5, disse a Arianespac."Ambos os satélites foram confirmados separados, adquiridos e estão em órbita", disse Arianespace em uma declaração atualizada após o levantamento do Centro Espacial Kourou na Guiana Francesa. O satélite SES-14 possui conteúdo científico para o programa de exploração da Nasa intitulado Gold (Global-scale Observation of the Limb and Disk), que deve permitir reproduzir uma imagem completa do disco terrestre a cada meia hora, a partir de uma órbita geoestacionária.fa/bd/jta/jah/db

Escrito por:

AFP