Publicado 25 de Janeiro de 2018 - 20h30

Por AFP

Uma estátua colossal do faraó egípcio Ramsés II foi instalada na quinta-feira na entrada do futuro museu do Cairo, cujas autoridades esperam estimular o turismo, setor vital de atividade no Egito.Esta estátua, de 3.200 anos de antiguidade, receberá os futuros visitantes do Grande Museu Egípcio (GEM), que abre suas portas este ano perto das famosas pirâmides de Gizé, após uma série de atrasos.O monumento, de 83 toneladas e 11 metros de altura, foi transportado lentamente por estrada ao longo de 400 metros em um caminhão estabilizado em uma estrutura de metal especialmente concebida para a situação. O novo museu do Cairo foi concebido para descongestionar o antigo museu nacional, inaugurado em 1902 e agora saturado. O novo museu está 70% construído, apesar do projeto ter sido lançado há 16 anos e de seu custo ter superado um bilhão de euros (USD 1,2 bilhão).Acolherá cerca 100.000 peças, da pré-história ao período greco-romano, entre elas as 4.500 peças do tesouro de Tutancâmon.A estátua de granito rosa, esculpida nas pedreiras de Aswan (sul) há mais de três milênios, se encontrava originalmente na entrada do grande templo de Ptah, situado a 10 km ao sul do Cairo, e foi descoberta em 1820.Ramsés II reinou no Egito entre 1.279 e 1.213 antes de Cristo, e sua múmia é uma das principais peças do museu nacional do Cairo.

Escrito por:

AFP