Publicado 04 de Janeiro de 2018 - 6h40

Por Estadão Conteúdo

O ministério russo da Defesa anunciou que dois militares morreram em um ataque com morteiro realizado por islamitas na Síria na passagem de ano novo, mas negou informações da imprensa sobre a destruição de sete aviões militares.Segundo a fonte, o ataque aconteceu na base aérea de Hmeimim. O ministério, por outro lado, chamou de falsa uma informação do jornal Kommersant de que sete aviões haviam sido destruídos no mesmo ataque.tm/jm/ra/pc/cn

Escrito por:

Estadão Conteúdo