Publicado 03 de Janeiro de 2018 - 21h40

Por Estadão Conteúdo

Ao menos 23 civis morreram nesta quarta-feira em Guta Oriental, um enclave rebelde na região de Damasco, incluindo 18 atingidos por bombardeios aéreos russos, informou a ONG Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).No total, "23 civis morreram nesta quarta-feira em Guta Oriental, incluindo 18 em ataques aéreos russos contra Misraba, e outros por disparos do regime contra outras duas cidades", declarou à AFP o diretor da OSDH, Rami Abdel Rahman.Os ataques também deixaram cerca de dez feridos.Segundo o OSDH, entre as vítimas há três crianças, onze mulheres e um voluntário dos 'capacetes brancos', organização de resgate em zonas rebeldes. Abdel Rahman revelou que os "ataques aéreos russos foram dirigidos contra prédios de apartamentos em Misraba", cidade controlada pelo grupo rebelde Yaish al Islam."O quartel-general do Yaish al Islam está situado na periferia da cidade e não em seu interior", explicou o diretor do OSDH.

Escrito por:

Estadão Conteúdo