Publicado 02 de Janeiro de 2018 - 17h21

Por Estadão Conteúdo

Donald Trump qualificou o regime iraniano de

AL DRAGO/BLOOMBERG/GETTY IMAGES

Donald Trump qualificou o regime iraniano de "brutal e corrupto".

Os Estados Unidos pediram nesta terça-feira (2) que o Irã pare de bloquear e estabelecer restrições às redes sociais e aconselharam seus cidadãos a instalar redes virtuais ou conexões VPN para evitar a censura oficial.

Steve Goldstein, vice-secretário de diplomacia pública do Departamento de Estado, denunciou as tentativas do Irã de restringir o acesso à rede e pediu aos iranianos para encontrarem uma forma de entrar na web: "o povo no Irã deve poder acessar estes sites por VPN", disse, acrescentando que a página no Facebook do departamento de Estado em idioma farsi conta com 70.000 assinantes.

"Quanto mais acessíveis forem estes sites, melhor será", afirmou, enquanto continuavam os protestos de rua contra o regime iraniano, ao qual o presidente americano, Donald Trump, qualificou de "brutal e corrupto".

Escrito por:

Estadão Conteúdo