Publicado 01 de Janeiro de 2018 - 16h53

Por Estadão Conteúdo

O primeiro-ministro búlgaro, Boiko Borisov, afirmou que

Divulgação

O primeiro-ministro búlgaro, Boiko Borisov, afirmou que "a Bulgária assume a Presidência europeia em um momento-chave para a União.

A Bulgária, o país mais pobre da União Europeia (UE), assumiu a presidência rotativa do bloco pela primeira vez, nesta segunda-feira (1º), com uma agenda que inclui a complexa política migratória.

Em um post no Facebook hoje, o primeiro-ministro búlgaro, o conservador e pró-europeu Boiko Borisov, afirmou que "a Bulgária assume a Presidência europeia em um momento-chave para a União (...) Que o lema 'a união faz a força' nos guie".

Nesta segunda, acontece em Sófia, capital da Bulgária, um concerto de música clássica com autores de todos os países do bloco e, em 11 e 12 de janeiro, os comissários europeus se reunirão na cidade para inaugurar oficialmente a presidência."Estou convencido de que trabalharemos com êxito em nossas prioridades", afirmou Borisov.

Escrito por:

Estadão Conteúdo