Publicado 02 de Janeiro de 2018 - 23h18

Por Estadão Conteúdo

Gabriel Jesus deixou o gramado chorando no domingo e com medo de ficar fora da Copa do Mundo

AFP

Gabriel Jesus deixou o gramado chorando no domingo e com medo de ficar fora da Copa do Mundo

O atacante Gabriel Jesus afirmou que não tem uma lesão grave no joelho esquerdo e prometeu voltar a jogar em breve pelo Manchester City. Após se machucar no último domingo, no primeiro tempo do empate sem gols com o Crystal Palace, em Londres, o brasileiro escreveu nas redes sociais que o problema é simples, não vai precisar de cirurgia e prometeu que em breve vai retornar aos gramados pelo time.

A lesão de Gabriel Jesus causou bastante preocupação na comissão técnica da Seleção Brasileira, já que o jogador é titular do técnico Tite, havendo o temor de que a sua participação na Copa do Mundo na Rússia pudesse ficar comprometida.

"Fiz um exame no joelho esquerdo que diagnosticou uma pequena lesão no ligamento colateral medial. Graças a Deus não é uma lesão muito séria e não preciso passar por nenhum procedimento cirúrgico. Volto o mais rápido possível", escreveu Gabriel Jesus em publicação no seu perfil no Instagram.

O Manchester City também divulgou um comunicado sobre o atacante Segundo o clube, o jogador sofreu uma lesão no ligamento colateral medial do joelho esquerdo durante a partida do último domingo, válida pelo Campeonato Inglês, e passará por novos exames nos próximos dias para que os médicos possam determinar o período de afastamento.

A nota publicada pelo Manchester City não fez estimativas de prazo para o atacante voltar a jogar. A equipe inglesa disse que vai divulgar atualizações sobre a lesão em breve. O técnico do clube, o espanhol Pep Guardiola, disse no último domingo que o prazo inicial de recuperação era de até dois meses, estimativa não confirmada pelo comunicado divulgado pelo Manchester City.

Apesar de ser muito jovem, Gabriel Jesus já tem recordes e números expressivos como jogador da Seleção Brasileira. O risco de perder o parceiro de ataque de Neymar na Copa do Mundo, que começa em junho, deixou a comissão técnica da Seleção apreensiva, mas tudo indica que Jesus estará de volta aos gramados antes mesmo do término do Campeonato Inglês.

Escrito por:

Estadão Conteúdo