Publicado 01 de Janeiro de 2018 - 22h04

Por Carlos Rodrigues

Eduardo Baptista deve observar a nova equipe da Ponte Preta em pelo menos um jogo-treino antes da estreia contra o Corinthians, dia 17

Cedoc/RAC

Eduardo Baptista deve observar a nova equipe da Ponte Preta em pelo menos um jogo-treino antes da estreia contra o Corinthians, dia 17

O ano de 2018 começa efetivamente nesta terça-feira (2) para a Ponte Preta. Após a reformulação realizada depois do rebaixamento no Campeonato Brasileiro, o elenco se reapresenta no CT do Jardim Eulina para o início da pré-temporada precisando correr contra o tempo, afinal o período de preparação será curto, já que a estreia no Paulistão está marcada para o dia 17 de janeiro. A expectativa é de que 21 jogadores, sendo sete reforços já confirmados, estejam à disposição da comissão técnica para esse primeiro dia de trabalho.

A programação do início de pré-temporada prevê a realização de exames físicos e clínicos. Aos poucos, o técnico Eduardo Baptista começará a realizar trabalhos técnicos e táticos e a expectativa é de que a equipe faça pelo menos um jogo-treino antes do primeiro compromisso pelo Estadual, contra o Corinthians, no Pacaembu.

Dos jogadores garantidos no plantel desta temporada, dez estavam no grupo de 2017: os goleiros Aranha e Ivan, o lateral-direito Jeferson, o zagueiro Luan Peres, os volantes João Vítor e Mendoza, o meia Léo Artur e os atacantes Claudinho, Luís Alí e Saraiva. Também foram contratados sete atletas. As caras novas na Macaca serão o goleiro Vinícius Silvestre (emprestado pelo Palmeiras), os zagueiros Renan Fonseca (ex-Botafogo) e Wesley Matos (ex-Vila Nova), os volantes Marciel (emprestado pelo Corinthians) e Ronaldo (ex-Sport), o meia Tiago Real (ex-Coritiba) e o atacante Silvinho (ex-Criciúma). Além disso, farão parte do elenco profissional o zagueiro Reynaldo, o lateral Emerson e os atacantes Fellipe Cardoso e Yuri, formados no clube.

Como o regulamento do Campeonato Paulista prevê a inscrição de 26 jogadores — sendo três goleiros e 23 de linha — e permite a utilização ilimitada de atletas da base, a Ponte ainda tem algumas vagas em aberto e a expectativa é que, nessa semana, mais reforços sejam anunciados. Três posições estão entre as mais carentes. A Macaca ainda busca um lateral-esquerdo, meias e o esperado camisa 9.

Escrito por:

Carlos Rodrigues