Publicado 03 de Janeiro de 2018 - 22h51

Por Henrique Hein

A cidade de Campinas, sozinha, registrou um volume de água superior a 80 milímetros nos últimos três dias

Leandro Ferreira/AAN

A cidade de Campinas, sozinha, registrou um volume de água superior a 80 milímetros nos últimos três dias

A forte chuva que ocorreu na tarde desta quarta-feia (3) em Campinas provocou ao menos oito pontos de alagamento na cidade. Segundo a Prefeitura, em 30 minutos choveu 25,3 milímetros no Centro, local que registrou a maior concentração de água. O nível do córrego que passa pela Avenida Orosimbo Maia, por exemplo, chegou ao máximo. Entretanto, não houve registros de transbordamento na via. Também foram computados alagamentos nas Avenidas Theodureto de Almeida Camargo, Heitor Penteado, Lix da Cunha, Delfino Cintra e John Boyd Dunlop.

As ruas Germânia e Cesáreo Motta, na região do Botafogo, também sofreram com alto índice pluviométrico. A Rua Paula Bueno, no bairro do Taquaral, registrou enxurrada. O forte temporal ainda interrompeu o primeiro treino da Ponte Preta no ano de 2018, no Centro de Treinamento do Jardim Eulina.

Ainda de acordo com a Prefeitura, a cidade de Campinas, sozinha, registrou um volume de água superior a 80 milímetros nos últimos três dias. Por conta disso, o órgão informou que vai manter o monitoramento de áreas, onde existe a possibilidade de deslizamentos de terra.

Segundo a Defesa Civil, o trânsito em todas as regiões citadas foi afetado, mas não houve registro de feridos, desabrigados ou desabamento de árvores. 

Escrito por:

Henrique Hein