Publicado 25 de Janeiro de 2018 - 6h00

Por Do Correio

Desta forma, ficará a praça que sediará o Centro de Convivência Cultural, , depois de unidas as duas quadras, operação esta que seccionará a Av. Júlio de Mesquita entre as ruas General Osório e Conceição

Reprodução

Desta forma, ficará a praça que sediará o Centro de Convivência Cultural, , depois de unidas as duas quadras, operação esta que seccionará a Av. Júlio de Mesquita entre as ruas General Osório e Conceição

VILA BOA VISTA TERÁ 1.534 CASAS POPULARES

Foi aberta hoje, oficialmente, mediante publicação, a concorrencia publica, que a Cohab-Campinas, em comum acordo com o Banco Nacional de Habitação, instituiu para empreitar o Projeto Vila Boa Vista, que vai dotar Campinas, de mais um nucleo de habitações populares, com 1.534 moradias. Trata-se da etapa inicial do plano habitacional do Prefeito Ruy H. Novaes, que vai construir para os 25.000 candidatos que fizeram inscrições no dia 15 de novembro de 1967, e cuja prioridade de atendimento foi efetuada pelo cerebro eletronico da Universidade de Campinas.

 

CENTRO CULTURAL: PROJETO JÁ ESTÁ PRONTO

Dando prosseguimento ao seu plano de incrementação de um grande Centro de Convivência Cultural em Campinas, o prefeito Ruy H. Novaes assinou ontem, contrato com o arquiteto Fabio de Moura Penteado, o qual, juntamente com sua equipe integrada pelos arquitetos Alfredo S. Paesani e Teru Tamaki, estará dando início às obras preliminares dentro de curto prazo. Como se sabe, o terreno a ser ocupado pelo "CCC" compreende a area que antigamente sediava o Colégio Cesario Mota e a quadra fronteiriça, atualmente Praça Imprensa Fluminense - Parque Infantil Municipal, sendo necessário interligá-las, seccionando-se para isso, tôda uma quadrta (entre Gen. Osório e rua Conceição) da Av. Julio de Mesquita, mas em contraposição, criando-se uma praça livre, maior que a da Praça da Republica em São Paulo. O prazo de entrega é previsto para 12 meses.

 

AGRONÔMICO NO 19.O CONGRESSO NACIONAL DE BOTÂNICA DO CEARÁ

Estará embarcando hoje com destino à Fortaleza, Ceará, a fim de participar do 19.o Congresso Nacional de Botânica, a realizar-se naquela capital até o dia 29 do corrente mês, o Eng. Agr. Hermes Moreira de Souza, chefe da Seção de Floricultura do Instituto Agronômico. Referido técnico apresentará tese relativa ao desenvolvimento e introdução de plantas e cultivo de flôres no Estado de São Paulo, bem como a colaboração do Agronômico no que diz respeito aos melhoramentos que se constatam entre os floricultores paulistas. Estará, ainda, o Eng. Agr. Hermes Moreira de Souza, na oportunidade, representando a Sociedade Brasileira de Floricultura.

Escrito por:

Do Correio