Publicado 25 de Janeiro de 2018 - 5h35

Por Estadão Conteúdo

A China irá monitorar de perto investimentos no exterior que excedam US$ 300 milhões, informou hoje o Ministério de Comércio do país, num momento em que Pequim se esforça para coibir investimentos externos e saídas de capital considerados "irracionais".

Em comunicado, o ministério informou que a China também inspecionará investimentos externos dedicados a mercados sensíveis, que sofram grandes perdas ou que violem regras do governo.

No ano passado, Pequim anunciou restrições a investimentos externos em esportes, entretenimento e no setor imobiliário.

Empresas também precisam obter autorização do órgão chinês de planejamento para fazer investimentos no exterior superiores a US$ 300 milhões. Fonte: Dow Jones Newswires.

Escrito por:

Estadão Conteúdo