Publicado 24 de Janeiro de 2018 - 20h56

Por Estadão Conteúdo

O advogado Cristiano Zanin, que lidera a equipe de defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, ressaltou nesta quarta-feira, 24, que o julgamento realizado hoje, que condenou o petista em segunda instância, não impede Lula de registrar sua candidatura a presidente na Justiça Eleitoral.

"Se ele decidir ser candidato, a decisão de hoje do TRF-4 não representa qualquer obstáculo para implementar a decisão de candidatura", afirmou Zanin. "Nós vamos discutir isso na Justiça Eleitoral se houver uma impugnação da candidatura", acrescentou.

Escrito por:

Estadão Conteúdo