Publicado 24 de Janeiro de 2018 - 19h16

Por Estadão Conteúdo

Após ser condenado em segunda instância pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) acaba de chegar à praça da República, no centro de São Paulo, para participar de ato.

Um grande número de militantes de movimentos sindicais e populares está no local, onde Lula dará as primeiras declarações após ter recurso negado pelo Tribunal Regional Federal (TRF) de Porto Alegre.

Em discurso proferido antes de Lula chegar, o ex-ministro Celso Amorim disse que a condenação não foi totalmente inesperada, mas foi triste. "Isso não é só um direito humano do presidente Lula que está em jogo, é o direito do povo de escolher seu presidente".

Escrito por:

Estadão Conteúdo