Publicado 02 de Janeiro de 2018 - 18h05

Por Estadão Conteúdo

O ex-presidente José Sarney (PMDB) afirmou nesta terça-feira, 2, por meio de sua assessoria, que "não foi consultado e não vetou o deputado Pedro Fernandes" (PTB-MA) para o comando do Ministério do Trabalho. A informação de que Sarney teria impedido a indicação do PTB foi dada pelo presidente da sigla, Roberto Jefferson.

Segundo o petebista, o presidente Michel Temer ligou avisando-o que a nomeação teria sido barrada pelo ex-presidente. O motivo seria a disputa no Maranhão. Fernandes faz parte do grupo opositor clã Sarney no Estado e deve caminhar ao lado do governador Flávio Dino (PCdoB) na eleição deste ano. O PTB ficou de indicar um novo nome para o cargo.

Escrito por:

Estadão Conteúdo