Publicado 19 de Julho de 2016 - 19h21

Por Adagoberto F. Baptista

Números: Durante o evento

11,5 milhões de guardanapos

8 milhões de pratos compostáveis

1,9 mil toneladas de insumos

120 toneladas de frutas

30 toneladas de folhagens adequadas.

Fotos: Divulgação

Gustavo Abdel

DA AGÊNCIA ANHANGUERA

[email protected]

Os números são superlativos, e a responsabilidade se equipara a grandeza de uma Olimpíadas. Com matriz em Campinas, a empresa Sapore é a responsável pelo fornecimento de toda a alimentação de atletas, funcionários, colaboradores e seguranças durante os dias de Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Para imaginar o tamanho dessa estrutura, somente a cozinha tem o tamanho de dois campos de futebol, capaz de fornecer 65 mil refeições por dia a um público de 18 mil pessoas.

Desde o dia 18 os restaurantes espalhados pelo complexo olímpico estão oferecendo em torno de 16 mil refeições para os dirigentes que já estão no Rio. A partir deste domingo (24), com a chegada dos atletas o número de refeições subirá para 40 mil e no início dos jogos, dia 5 de agosto, a estimativa será 65 mil refeições.

Como serão 206 países, os menus também contemplam os principais grupos culturais e variação de produtos para atender as necessidades de cada atleta, com suas especificidades de alimentação. A diretora de operações da Sapore, Veridiana Correa, explicou que foram necessários seis meses para a empresa chegar a uma versão final do cardápio que será disponibilizado durante os jogos.

Dentro do complexo serão cinco restaurantes, sendo o Main Dining (para atletas e delegações), Casual Dining (atletas), Grab and Go (nos condomínios dos atletas), Coffee Breaks e Work Force (para a força de trabalho) e sete praças no restaurante principal: Cold Station (comidas frias, cruas e leves), Pizza

Escrito por:

Adagoberto F. Baptista