Publicado 19 de Julho de 2016 - 18h22

Por Shana Maria Maciel Pereira

Shana Pereira

DA AGÊNCIA ANHANGUERA

[email protected]

Monte Mor registrou mais uma morte causada pelo vírus da gripe H1N1. Um homem de 32 anos é a quarta vítima da doença na cidade. O óbito ocorreu no dia 18 de abril, e estava internado no Hospital Estadual de Sumaré. De acordo com a Secretária de Saúde, a vítima tinha cardiopatia e pertencia ao grupo de risco de pacientes com doenças crônicas.

Ainda segundo a pasta, o homem morava em Campinas, mas foi tratar em Monte Mor, onde morava sua mãe. A secretaria informou também que este ano, o município contabiliza 22 casos notificados, seis casos confirmado e quatro mortes. E três exames ainda aguardam o resultado. Os casos de síndrome respiratória aguda grave são notificados pelos médicos à Vigilância Epidemiológica, que encaminham os materiais coletados para o Instituto Adolfo Lutz e divulga os resultados assim que ficam prontos.

Americana é a primeira cidade da Região Metropolitana de Campinas (RMC) com o maior número de mortes pela doença, com 10 óbitos confirmados. No total, a RMC segue com 40 óbitos. As cidades que tiveram registros de mortes foram: Campinas contabiliza 8, Monte Mor (4), Indaiatuba (4), Jaguariúna (3), Itatiba (2), Santa Bárbara d Oeste (2), Vinhedo (2), Paulínia (2), Sumaré (1), Santo Antônio de Posse (1) e Pedreira (1).

Escrito por:

Shana Maria Maciel Pereira