Publicado 19 de Julho de 2016 - 11h24

Por Adagoberto F. Baptista

Metalúrgico embrigado briga com a namorada e deixa carro descer ladeira

Um metalúrgico embriagado de 38 anos provocou na noite de ontem, segunda-feira, 18, uma confusão rua Ângelo Zanini que quase acabou em tragédia.

Segundo boletim de ocorrência lavrado pela Polícia Civil, o rapaz disse que foi até a casa da namorada quando brigou com ela por motivos não esclarecidos e comprimidos de diazepan. Ao tentar ir embora em seu veículo Gol, o mecânico afirmou que tentou fazê-lo pegar no tranco, mas o veículo teria descido uma ladeira e batido na lateral de outro Gol que estava estacionado na rua. Testemunhas acionaram a Polícia Militar que fizeram a abordagem e o encaminharam para o Plantão da Segunda Delegacia Seccional.

Não foi feito o teste do bafômetro mas devido aos visíveis sinais de embriaguez do metalúrgico o delegado plantonista Marcelo dos Santos Favero determinou sua prisão em flagrante, arbitrando uma fiança de R$ 1 mil para que ele fosse liberado e respondesse ao inquérito em liberdade. Como a quantia não foi paga, ele foi colocado na cela do Distrito Policial.O veículo do metalúrgico foi guinchado até o pátio da Emdec. Ninguém se feriu durante a confusão.

Escrito por:

Adagoberto F. Baptista