Publicado 25 de Julho de 2016 - 8h46

Por Estadão Conteúdo

 Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira, 27, a 11ª fase da Operação Acrônimo,

Agência Brasil

Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira, 27, a 11ª fase da Operação Acrônimo,

Numa operação com a Polícia Militar do Mato Grosso, a Polícia Federal prendeu no domingo o 12.º suposto terrorista alvo da Operação Hashtag. Leonid el Kadre de Melo, de 32 anos, estava foragido e foi capturado na cidade de Comodoro, em Mato Grosso. O suspeito foi localizado pela PM de Mato Grosso na cidade que fica a 656 km de Cuiabá.

Leonid mora em Vila Bela da Santíssima Trindade (MT) e já cumpriu pena de 18 anos e oito meses de prisão por homicídio e roubos qualificados. No seu perfil no Facebook, informa que é mecânico.

Os supostos terroristas são acusados de planejar ações de sabotagem para executar durante a Olimpíada do Rio de Janeiro. A operação, deflagrada pela Polícia Federal quinta-feira, investiga a integração/promoção, por indivíduos brasileiros, na organização terrorista Estado Islâmico (EI).

Por meio de medidas como quebra de sigilo telefônico e de dados, autorizadas pelo Juízo da 14ª Vara Federal de Curitiba/PR, constatou-se a tentativa de organização do grupo para promoção de atos terroristas durante os Jogos Olímpicos Rio-2016. O contato entre os indivíduos dava-se essencialmente por meio de redes sociais, Telegram e demais modos de comunicação virtual, espaço no qual também divulgavam ideais extremistas e de perseguição religiosa, racial e de gênero.

Conforme evidenciou-se nas investigações, alguns indivíduos já haviam realizado o batismo ao Estado Islâmico (bayat), juramento de fidelidade exigido pela organização terrorista para o acolhimento de novos membros.

Escrito por:

Estadão Conteúdo