Publicado 23 de Julho de 2016 - 19h05

[CR_TXT_3LINH]De Nova York[/CR_TXT_3LINH]

Um álbum inédito de David Bowie, gravado quando o gênio britânico começava a experimentar com o soul, será lançado pela primeira vez na íntegra, anunciou o selo Parlophone. O artista inglês, conhecido por seu estilo pioneiro roqueiro e glamuroso, trabalhou em 1974 no estúdio Sigma na Filadélfia por seu apego à cidade que tinha uma forte ligação com o soul. O resultado foi o seu clássico álbum Young Americans. Mas ele também concebeu uma das sete músicas cujo nome, The Gouster, fazia alusão à moda do momento entre os jovens afro-americanos em Chicago.

Este álbum inédito será lançado integralmente na seleção David Bowie - Who Can I Be Now (1974-1976), que também contará com obras ilustrações originais, segundo o selo. “David tinha uma obsessão com o soul assim como eu. Éramos fãs do programa de TV Soul Train, contou o produtor de longa data de Bowie, Tony Visconti, citado no site oficial de Bowie no Facebook. “Lá estávamos nós jovens, talentosos e negros”, escreveu referindo-se a uma famosa canção de Nina Simone, “mas queríamos fazer um álbum mortal de soul”.

The Gouster começa com uma versão estendida e mais funk de John, I'm Only Dancing, seu solo de 1972 que foi considerado revolucionário por sua temática homossexual.

O lançamento de The Gouster será de grande interesse, principalmente para os fãs mais apaixonados de Bowie, já que a maioria dos temas surgiram na última etapa da criação de Young Americans. As outras três músicas foram lançadas nos anos subsequentes, incluindo uma reedição de Young Americans, em 1991. Em 2009 apareceram duas novas canções: I Am a Lazer e Shilling the Rubes.

Um vendedor, que disse que as fitas foram encontradas em uma venda de rua na Filadélfia, ofereceu as mesmas na internet por US$ 15 mil. Fãs de David Bowie especularam que ele poderia tê-las comprado para mantê-las privadas.

Essas músicas não foram incluídas na nova seleção, cuja data de lançamento não foi anunciada. O agente de Bowie disse que os detalhes do lançamento serão anunciados na próxima semana. Esta seleção segue a primeira, Five Years (1969-1973), que saiu em setembro, em duas edições, uma de 12 CDs e outra de 13 LPs.

Bowie morreu alguns meses depois de lutar contra um câncer que não era conhecido publicamente dois dias após o lançamento do seu mais recente álbum, Blackstar, em seu 69 aniversário. (Da France Press)