Publicado 22 de Julho de 2016 - 19h05

O título original desta cinebiografia é Love & Mercy, nome de uma canção de Brian Wilson (adulto interpretado por John Cusack) um dos fundadores dos Beach Boys, uma das bandas mais populares dos Estados Unidos nos anos 1960. A música foi lançada em 1988. No Brasil, o título é The Beach Boys - Uma História de Sucesso (Max, 18h50, 12 anos), de Bill Pohlad (2015). O foco está concentrado na vida pessoal de Brian, a lutas dele com os problemas mentais, dependência de uma série de drogas e o isolamento da sociedade. O médico Eugene Landy (Paul Giamatti) torna-se fundamental na recuperação de Brian, além da mulher dele, Melinda Ledbetter (Elizabeth Banks). Com narrativa não linear o filme mostra sequências em 1960, quando o músico é vivido por Paul Dano e ele em 1980. Aliás, Paul foi indicado a diversos prêmios (e ganhou alguns), inclusive o Globo de Ouro. Curiosamente (parece que está se tornando uma tendência positiva), Cusack não está caracterizado como o personagem, o que não importa, basta que ele nos convença que o interpreta.