Publicado 21 de Julho de 2016 - 19h05

É curioso esse mundo do Oscar. Alicia Vikander ganhou o prêmio de atriz coadjuvante neste ano por A Garota Dinamarquesa, mas inicialmente ela estava cotadíssima para a categoria atriz por Juventudes Roubadas (HBO2, 20h, 12 anos), de James Kent (2015), adaptado do livro Testament of Youth, de Vera Brittain. A razão talvez tenha sido o fracasso do filme nas bilheterias americanas, apesar das ótimas críticas recebidas. No Brasil, o longa chegou direto em DVD. Na TV paga, a chance de ver a atriz que os críticos consideraram com apelo suficiente para levar a estatueta. Estamos na Primeira Guerra e a história é a autobiografia de Vera na qual ele relembra as dificuldades pelas quais passou. Aos 17 anos, como enfermeira voluntária ela viu os amigos morrendo como resultado da guerra, entre eles o irmão Edward (Taron Egerton). O livro cobre um período de 25 anos; o filme se concentra na guerra e na relação amorosa com Rolland (Kit Harington). O filme, como se vê, é um típico do gênero no qual a guerra interpõe-se na relação de dois apaixonados. Não perca.